Investir em Orlando

Investir em Orlando: como comprar casa nos EUA

 
  
Com a crise econômica ocorrida nos Estados Unidos em 2008 houve uma queda muito grande no valor dos imóveis, fazendo aumentar a procura por imóveis em solo americano, por investidores estrangeiros. Os brasileiros, vivendo tempos de economia estável e dólar com valor controlado, descobriram oportunidades incríveis de adquirir casas de férias, principalmente na região de Orlando/FL. Essa região é atrativa por causa dos milhões de turistas que passam por ali todos os anos e alugam casas de férias por temporada.
Os EUA ainda não se recuperaram totalmente da crise de 2008 e por isso os imóveis ainda estão sendo vendidos com valores abaixo do preço de mercado. Mas, especula-se que em 2017 o mercado se estabilize por lá. Ainda há tempo para investir.
Diante desse cenário, muitas pessoas querem saber como comprar um imóvel nos EUA. Questionam se o processo é burocrático e a maioria não sabe por onde começar. Com isso em mente, vou traçar um breve roteiro para explicar como você pode, facilmente, adquirir um imóvel na terra do Tio Sam.

1) ESCOLHENDO O CORRETOR
Primeiro, você vai precisar de um corretor devidamente licenciado nos EUA. Ele é quem vai guiar você pelas etapas seguintes, dando assistência na escolha do imóvel e fechamento do negócio. É bom que seja alguém de confiança, honesto e profissional para que você não tenha problemas.
Nos Estados Unidos todos os corretores têm acesso a listagem dos imóveis à venda no Estado em que estão licenciados. Assim, não há necessidade de procurar vários corretores, pois todos eles possuem a mesma ferramenta de busca de imóveis. É natural que, com relação aos imóveis de revenda (usados), o corretor do comprador negocie com o corretor do vendedor. Ao final, a comissão de 6% (regra) é paga pelo vendedor e dividida igualmente entre ambos os corretores, ou seja, 3% para cada um. O comprador não paga comissão, apenas as custas cartorárias e, eventualmente, alguma taxa do dono da corretora de imóveis.

2) ESCOLHENDO O IMÓVEL
 
O próximo passo é a escolha do imóvel. Você precisa decidir, antes de mais nada, que tipo de imóvel pretende adquirir: casa ou apartamento, imóvel novo ou usado, quantidade de quartos, faixa de preço, localização, finalidade da compra (moradia, casa de férias, aluguel por temporada, aluguel a longo prazo, etc). O corretor vai perguntar tudo isso a você para que ele saiba o que procurar. Definido o tipo do imóvel, o corretor fará uma busca de propriedades para que você selecione as que melhor servirem aos seus interesses.
Em razão da crise, há muitos imóveis com dívidas e outros já tomados pelos bancos. No primeiro caso, os imóveis em “short sale” são aqueles em processo de tomada pelo banco, por falta de pagamentos, onde a dívida costuma ser maior que o valor do imóvel. Nessa situação, ainda há a possibilidade de o proprietário vender para pagar parte da dívida com o banco.  O banco participa do negócio e o aprova, se achar conveniente, tendo em vista que perdoará o restante da dívida. São oferecidos com preços abaixo do mercado e, na grande maioria das vezes, em condições muito ruins de conservação. O processo de compra é longo e complicado, podendo se estender por meses.
Já os imóveis tomados pelos bancos, o que se chama de “foreclosure” também costumam se encontrar em péssimas condições, pois os ex-proprietários acabam por destruir o imóvel antes de entregá-los aos bancos. São oferecidos a preços mais baixos, porém precisam de reforma. Geralmente, não há grandes complicações para sua aquisição. O processo é rápido.
Em ambos os casos é necessário ponderar se vale à pena comprá-los por preços menores, sabendo-se que haverá gastos consideráveis com a reforma. É importante fazer as contas direitinho antes de partir para esse tipo de negócio, porque você, como investidor estrangeiro, deve ter em mente que a reforma vai acontecer sem a sua presença.
Orlando e cidades vizinhas são zoneadas quanto à possibilidade de aluguel por temporada e aluguel convencional (período longo). Ao adquirir um imóvel é preciso definir qual será a finalidade desse imóvel, pois um imóvel em local onde somente é permitido o aluguel convencional não poderá ser alugado por temporada (até 6 meses).
Se a compra do imóvel tiver como objetivo a moradia de uma família com filhos, o fator de escolha passará a ser a qualidade das escolas públicas da vizinhança. Nos Estados Unidos não é possível matricular os filhos em escolas localizadas em bairros diferentes de onde se mora. É que os impostos pagos pelos moradores de cada bairro são direcionados para as escolas daquele bairro. Sendo assim, quanto melhor o bairro, melhores as escolas. E também se aplica o inverso: bairros de baixa renda terão escolas de pior qualidade. Portanto, é natural que primeiro se escolha a escola para depois se definir o bairro onde a família pretende viver.
Analisados todos esses fatores, o corretor fará uma pesquisa na lista oficial, a MLS (Master Listing System), onde há indicação dos imóveis à venda na região, com todos os detalhes necessários e apresentará listagem para escolha e visitação.
Caso o interessado não esteja presente, o corretor poderá visitar os imóveis e enviar fotos, mostrando as vantagens e desvantagens de cada propriedade.

3) FAZENDO A PROPOSTA
Escolhido o imóvel, o corretor do comprador enviará uma proposta escrita para o corretor do vendedor, geralmente por e-mail, no caso de imóvel usado (de revenda). O corretor do vendedor indicará se o proprietário aceita ou não a proposta e solicitará prova de fundos, a fim de que o interessado comprove se realmente dispõe do valor que está oferecendo. Será solicitado um extrato bancário.
As propostas são secretas. Às vezes, ocorre até um “mini-leilão”, quando há várias propostas e o imóvel pode acabar sendo vendido por valor maior que o inicialmente anunciado. Esse tipo de situação acaba ocorrendo com os imóveis em foreclosure, em razão de o preço ser colocado abaixo do valor de mercado.
Caso se trate de um imóvel novo a negociação se dá entre o corretor do comprador e a construtora. Geralmente é cobrado um sinal (pré-reserva) e após o fechamento do negócio se cobra um entrada (cerca de 30 a 40% do valor do imóvel), ficando o restante para a entrega das chaves e assinatura da escritura.
Em se tratando de financiamento bancário é possível financiar apenas 60 a 70% do valor do imóvel. A conclusão do financiamento se dá com a entrega das chaves.

4) FECHANDO O NEGÓCIO
Aceita a proposta ou finalizada a obra, o corretor do vendedor ou a construtora do imóvel indicarão o cartório eleito por eles. A partir daí é o cartório quem vai providenciar o resto.
A maioria dos cartórios não exige a presença do comprador na assinatura da escritura, no caso de pagamento à vista. Alguns enviam o contrato e instruções de pagamento por e-mail para o comprador, outros exigem uma procuração, que pode ser passada para o corretor. Somente o vendedor terá que comparecer e assinar a papelada. Desse modo, é possível comprar um imóvel na Flórida, por exemplo, sem sair do Brasil. São as maravilhas da modernidade!
No caso de financiamento, o comprador deverá comparecer ao cartório e, na impossibilidade, comparecer à Embaixada Americana e ali assinar e autenticar a documentação para envio ao cartório.

 5) EFETUANDO O PAGAMENTO
 O cartório solicitará o pagamento de um valor referente à entrada (sinal) e enviará a conta neutra do próprio cartório para depósito. Feito o depósito, a documentação será preparada. Logo após, o cartório enviará o contrato para que o comprador o assine e devolva. Também será colhida a assinatura do vendedor.
Na data definida pelo cartório para fechamento do negócio (assinatura da escritura), o comprador deverá depositar o restante do dinheiro na citada conta neutra e o vendedor comparecerá no cartório, no caso de pagamento à vista. No financiamento, o banco irá transferir o valor para o cartório e este repassará ao vendedor, quando da assinatura da escritura.
Fechado o negócio, há a entrega das chaves (ou código de acesso da fechadura eletrônica) para o comprador, a transferência do valor para o vendedor e o pagamento dos corretores, bem como das taxas cartorárias. Tudo isso é providenciado pelo cartório.
Pronto, pode mandar retirar a placa “For Sale”, pois a propriedade já é sua! Todo esse processo dura de 15-20 dias, no caso de compra à vista.
 O financiamento para estrangeiros tem regras próprias. O interessado deverá dar uma entrada, geralmente, de 40% do valor do imóvel de interesse. O banco financia, no mínimo, U$ 100,000 (cem mil dólares). Sendo assim, não há possibilidade de financiar imóveis com preço inferior a U$ 180,000 (cento e oitenta mil dólares), mais ou menos. Os financiamentos oferecidos para estrangeiros têm prazo de 15 a 30 anos, de regra. Os juros variam 5 a 6.5% ao ano. Há a necessidade de comprovação de renda e fundos. O processo todo para compra com financiamento dura cerca de 30 a 45 dias.
Também é comum haver aquisição de imóveis com construção futura. Nesse caso, o comprador  dá uma entrada, geralmente de 30 a 40%, para a construtora do imóvel, que inicia a construção a partir da assinatura do contrato. A casa pronta será entregue no prazo definido em contrato e com as especificações ali definidas, bem como os upgrades de escolha do comprador. Com a entrega é que ocorre o fechamento do negócio, seja por meio de pagamento à vista ou financiamento do valor restante. A construção demora de 45 dias a 6 meses, a depender da construtora.
Para os interessados e para os curiosos, há vários sites de busca de imóveis. Os mais conhecidos são o www.trulia.com e o www.zillow.com. Mas, é importante esclarecer que esses anúncios podem não estar atualizados. Somente o corretor poderá consultar a lista oficial para conferir se o imóvel objeto do seu interesse permanece à venda.
Se quiser conhecer as casas que adquiri e hoje alugo por temporada, por favor clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s